9º. Dia da Novena de Natal para Redes Sociais

Tema: A Virgem dará à luz o Filho de Deus e Lhe porá o nome de Jesus.

 

Oração Inicial

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do sim fecundo. Tu, que fecundaste ao Verbo de Deus e O levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele.
Nestes dias que antecedem o nascimento de teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar a Deus no coração e deixarmo-nos transformar por Sua presença.
Maria, Virgem Grávida, pedimos-te que, ao acompanhar-te, sejas tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho, e assim sermos capazes de recomeçar, de perdoar e ser perdoados, de voltar a amar e ser curados interiormente para celebrar e viver a vida de Deus em nós.
Maria, Virgem do sim e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho centro de nossa vida. Maria, pede por nós agora e sempre.

 

Leitura: Lucas 2,12-21

“Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura. E subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina). Depois que os anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou. Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. Todos os que os ouviam admiravam-se das coisas que lhes contavam os pastores. Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração. Voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, e que estava de acordo com o que lhes fora dito. Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno.”
Palavra da Salvação – Glória vós senhor.

Para meditar:

Jesus se fez criança. Veio a este mundo para caminhar ao lado de milhões de crianças que trabalham nos campos, na safra e nas colheitas.
Ele está também ao lado das crianças que trabalham e vivem nas ruas das cidades e das meninas que lavam roupa, cozinham e cuidam dos menores.
Jesus olhou sempre com amor as crianças, as abençoou e as quis ter ao seu lado. Por isso sofre quando vê crianças maltratadas e desprezadas.
Natal nos recorda o Menino que nasceu e todas as crianças que também estão neste mundo.

Oração depois da Meditação:

Senhor, hoje a liturgia nos apresenta o canto de Zacarias, onde quer manifestar o que é o Teu amor, nos que mostrar como e de que maneira Tu atuas. Tu cumpres o que prometes e tudo faz por amor, para ti não conta a nossa infidelidade, mas que Tu continuas nos amando e sendo fiel, mesmo sem ser amado. Senhor, nesta Noite Santa, quando celebraremos o Natal, pedimos-Te que nos ajudes a valorizar o que é ter fé em Ti. Que nesta noite, cada um de nós possa renovar sua fé, e que não nos cansemos de Te agradecer, porque és um Deus formidável e excepcional, único, cheio de amor e ternura, alguém que faz até o impossível para demonstrar o quanto nos ama. Senhor, renova-nos em teu amor, enche-nos de alegria e gozo como Tua Mãe Santíssima, e que o canto dos anjos inunde os nossos corações e nos faça experimentar Tua paz e alegria. Senhor, que nesta noite possamos sentir a alegria do céu.
Que assim seja.

Rezemos uma Ave Maria e um Pai Nosso

 

Oração final:

Menino Jesus, o Deus vivo e verdadeiro, o Todo-poderoso e eterno, que assumiu nossa natureza para se fazer um de nós, que quisestes compartilhar nossa vida para nos redimir. Tu que quisestes experimentar o calor de um abraço, a ternura de um beijo de uma mãe, os braços fortes de um pai, que quisestes ser cuidado por uma mãe. Não há Deus igual a Ti, que se empenhe em estar junto de nós. Tu és o Emanuel, o Deus conosco, que nascestes para dar a vida. Conceda-nos que, nesta Noite Santa, cada família sinta tua paz e tua alegria. Que sintamos o gozo que sentiram os pastores, que cada um tenha a paz de Tua Mãe, que todos experimentemos o gozo do céu que se sentiu na terra. Que, nesta Noite Santa, Tu, Menino Jesus, no dia de Teu aniversário, dê-nos a Tua bênção e fique para sempre em nossa casa. Hoje e sempre, encha-nos de bênçãos.

 

Vamos acender as nove velas do nosso novenário de Natal:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *