7º. Dia da Novena de Natal para Redes Sociais

Tema: O canto do Magnificat

 

Oração Inicial

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do ‘sim’ fecundo. Tu que fecundaste ao Verbo de Deus e o levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele.
Nestes dias que antecedem o nascimento de teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar Deus no coração e nos deixarmos transformar por Sua presença.
Maria, Virgem Grávida, pedimos-te que, ao acompanhar-te, sejas tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho, e assim sermos capazes de recomeçar, de perdoar e ser perdoados, de voltar a amar, e ser curados interiormente para celebrar e viver a vida de Deus em nós.
Maria, Virgem do ‘sim’ e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho como o centro de nossa vida. Maria, pede por nós, agora e sempre.

Amém.

Leitura: Lucas 1,46-56

“E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo. Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem. Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos. Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes. Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre. Maria ficou com Isabel cerca de três meses. Depois voltou para casa.”

Palavra da Salvação – Glória vós senhor.

Para meditar:

Jesus se fez criança. Veio a este mundo para caminhar ao lado de milhões de crianças que trabalham nos campos, na safra e nas colheitas.
Ele está também ao lado das crianças que trabalham e vivem nas ruas das cidades e das meninas que lavam roupa, cozinham e cuidam dos menores.
Jesus olhou sempre com amor as crianças, as abençoou e as quis ter ao seu lado. Por isso sofre quando vê crianças maltratadas e desprezadas.
Natal nos recorda o Menino que nasceu e todas as crianças que também estão neste mundo.

Oração depois da Meditação:

“Obrigado, Maria, por ser sensível à manifestação do Senhor em tua vida. Graças por reconhecer o que és e por dar ao Senhor o lugar que Lhe corresponde em tua vida. Obrigado por dizer que o Senhor foi quem fez em ti maravilhas. Obrigado por deixar que Ele fizesse em ti o que fez. Obrigado por confiar e crer n’Ele. Obrigado por mostrar-nos como o Senhor atua e tem atuado na história, como está do lado dos que n’Ele confiam, e como se enfrenta os soberbos e orgulhosos, os egoístas e os prepotentes. Obrigado por dar-nos a confiança de que o Senhor levanta os humildes e os famintos. Maria, intercede por nós, para que possamos fazer como tu fizeste, para ter os sentimentos que tu tiveste, para deixarmo-nos conduzir e ser cheios do Senhor como tu foste.
Que assim seja.

Rezemos uma Ave Maria e um Pai Nosso

Oração final:

Menino Jesus, assim como Tua Mãe, vimos a ti para Lhe agradecer e bendizer-Te por tudo o que fazes em nós e por nós. Agradecemos-Te e bendizemos, porque quisestes nos redimir a partir de nossa própria natureza, porque se fizeste um de nós, sendo Tu em tudo semelhante a nós, menos no pecado, porque, assumindo nossa vida, nos deste vida com Tua vida.
Damos-Te graças e Te bendizemos, porque com Teu nascimento dignificaste nossa natureza, nos mostrastes o quanto é sagrada a vida, porque dignificastes a mulher, nascendo Tu mesmo de Maria Virgem. Glorificamos-Te, porque, com Teu nascimento, nos dás fortaleza e alegria, nos enche de gozo e consolo, nos faz renascer na esperança, nos mostras que Tu estás conosco. Bendito e louvado sejas, porque és o Deus que vive e nos dá a vida, que nos conheces por dentro e que nos enche de amor. Bendito e louvado sejas por Teu nascimento e por Tua vida e redenção. Bendito e louvado sejas hoje e sempre!

 

Vamos acender as nove velas do nosso novenário de Natal:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *