2º. Domingo do Advento – 2018

Deus está chegando através de seu Filho Jesus Cristo

 

Neste segundo domingo do Advento a liturgia coloca em destaque dois temas muito importantes na vida do cristão.

O Primeiro é a imagem do Caminho: a libertação, a liberdade está próxima afirma o profeta Isaías 40,1-5.9,11. A missão do profeta e convidar a todos nós a saímos da nossa zona de conforto, ou da nossa realidade de desanimo.

O segundo, a missão do profeta e da Igreja na nossa vida, é devolver a cada um de nós a esperança a todos nós, ou seja, mostrar-nos o caminho do retorno a vida em Cristo. Deus nos quer do lado dele, e nos envia constantemente profetas, anjos, amigos, irmãos da nos anunciar que está próximo e que é possível viver de Cristo, viver da Vontade de Deus, e que está realidade é a que realmente realiza a vida humana.

A volta a presença de Deus (que muitos de nós deixamos pelos nossos pecados, ou até mesmo porque escolhemos outros caminhos, está próxima, e quem garante que vamos ser libertados da vida que estamos vivendo é a Palavra de Deus, que é eficaz e que sempre cumpre o que promete. A Palavra de Deus é potente e aos poucos vai transformando o nosso coração de exílio, de terra árida e sequiosa, em um lugar onde começa a brotar a vida.

Percorrer o caminho que leva a Jesus é estar sempre disposto a começar, a reaprender, pois o evangelho coloca cada um de um como aqueles que todos os dias são convidados a recomeçar a vida. O evangelista Marcos, portanto, nos garante uma realidade: se quisermos encontrar com Jesus e saborear a sua misericórdia que ele traz, precisamos recomeçar sempre a partir do reconhecimento da vida que levamos e sempre olhar para aquele que pode nos libertar das escravidões que vivemos.

Os versículos 2 -8 do evangelho de Marcos 1: aparece a figura de João Batista, ele é apresentado como o mensageiro que vai à frente de alguém mais importante que ele para preparar o caminho do Senhor.

O que significa preparar este caminho?

“Uma voz grita: Abram no deserto um caminho (abram o coração) para o Senhor, aplainem no descampado uma estrada pois Deus virá e Ele está chegando. Abram o coração, que talvez esteja cheia de pedras, de terreno infértil, ou de tantas coisas que fomos acumulando ao longo da nossa vida, e que nos impede de nos encontrar com o autor da vida.

Deus é o pastor que nos liberta. Advento é tempo de proclamar a chegada da libertação do nosso povo, e mais que tudo da nossa vida. Prepara o caminho do Senhor é ajudar o povo, as nossas comunidades a ter liberdade de vida, a viver plenamente a fé que nos é dada pelo Senhor.

Preparar o caminho do Senhor é sinal de conversão, de adesão a proposta que Ele nos traz diante da nossa vida muitas vezes monótona e sem sentido. Cristo vem para substituir a nosso coração seco, endurecido, por um coração que seja movimentado pelo Amor.

Que neste domingo possamos abrir nossos corações e estarmos dispostos a deixarmos levar por aquele que tem somente um desejo: Nos fazer felizes, e nos levar a viver na Terra Prometida que é a Vida Eterna, a vida em abundância.

 

#AlessanderCapalbo

 

Leituras deste domingo:

Is 40,1-5,9-11
2Pd 3,8-14
Mc 1,1-8

 

Um comentário em “2º. Domingo do Advento – 2018

  • dezembro 12, 2017 em 8:04 pm
    Permalink

    Amém!!
    Que Deus seja meu verdadeiro pastor que me liberta de todos os meus medos.
    Nas suas orações lembre dos meus pais especialmente do meu pai foi internado ontem com água no pulmão.
    Está no hospital Santa Luzia.
    Obrigada
    Florilene

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *